Explore the site...

Users Online

Guests Online: 1

Members Online: 0

Total Members: 16
Newest Member: HeleneUdsen

About...

The BEMO-COFRA project is a 30-months EU-Brazil cooperative research project started in 2011.

The project is partly funded by the European Commission under the 7th Framework Programme in the area of EU-Brazil Research and Development cooperation under Grant Agreement no. 288133

The Brazilian funding is provided by CNPq Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico

 

 Impressum   Privacy

Newsletters

Newsletter Subscription


Registered Members Only

Share this

Bookmark and Share

Visit us at Facebook

We Fight Spam

O BEMO-COFRA framework

O projeto BEMO-COFRA tem como objetivo desenvolver um framework distribuído inovador que permita o controle e monitoramento em rede de sistemas complexos de grande porte pela integração de objetos inteligentes, dispositivos e sub-sistemas legados, possivelmente cooperando para suportar administração holística e alcançar eficiência sistêmica geral com respeito a energia e matéria prima.

O framework BEMO-COFRA irá prover uma arquitetura orientada a serviços (SOA) e um middleware capaz de expor objetos inteligentes, e será capaz de incorporar os subsistemas e dispositivos legados por meio de web services, consequentemente suportando interoperabilidade semântica e sintática entre diferentes tecnologias que coexistam no framework global de monitoramento e controle. Os dispositivos WSAN, sub-sistemas e dispositivos legados estarão então aptos a interagir e a cooperar através de um gerente responsável por garantir uma lógica distribuída com a rede global de monitoramento e controle.

O BEMO-COFRA irá adotar redes de larga escala compostas por objetos heterogêneos equipados com capacidades de sentir e atuar, e aptos a atender a requisitos específicos de controle e monitoramento de aplicações com respeito a restrições de tempo-real ou quase tempo-real, e também aos requisitos de taxa de transmissão de dados. No módulo WSAN do framework, isso será realizado pela integração de dispositivos que adotam tecnologias de comunicação sem fio heterogêneas (como WiFi, Bluetooth, tecnologias baseados em IEEE 802.15.4). A WSAN a ser desenvolvida pelo BEMO-COFRA irá apresentar também flexibilidade, disponibilidade, confiabilidade e gerenciabilidade. Estas características são de suma importância para apoiar operações seguras em ambientes hostis.

Os resultados do projeto BEMO-COFRA serão demonstrados na implantação do framework BEMO-COFRA, em um cenário real de uma fábrica, onde a confiabilidade do sistema é de importância primordial e engloba um número muito grande de dispositivos, sistemas diversos (inclusive os legados), dispositivos WSAN que interagem e cooperam ativamente entre si, para prover uma observação precisa dos processos de produção.

Visão e objetivos

O projeto BEMO-COFRA endereçará tanto os aspectos tecnológicos como as necessidades dos usuários para promover uma adoção ampla de soluções de larga escala de controle e monitoramento em rede. Na visão do projeto, isso será obtido através de:

• Definição de novos mecanismos para garantir confiabilidade em WSANs operando em ambientes hostis e atendendo restrições de aplicações heterogêneas por meio de capacidades de consciência de contexto, auto-configuração e auto-adaptação;
• Adoção de enfoques descentralizados e distribuídos para prover as WSANs com capacidades de monitoramento, controle e auto-diagnóstico escaláveis;
• Introdução de uma Arquitetura Orientada a Serviços (SOA) e um middleware que, através das capacidades de objetos inteligentes como web services, torna possível a cooperação do inovador WSAN, desenvolvido dentro do projeto, para cooperar com sistemas/dispositivos legados graças à interoperabilidade semântica.

As conquistas do BEMO-COFRA acima claramente pavimentarão o caminho para um framework inovador suportando sistemas de controle e monitoramento em rede, em diferentes domínios de aplicação. No entanto, sem perda de generalidade, o framework resultante será validado em um cenário particularmente desafiador de manufatura, onde será mostrado que o framework pode:

• Habilitar operações confiáveis e flexíveis de monitoramento e controle específicas de domínio baseadas em uma infra estrutura WSAN de larga escala;
• Suportar um gerenciamento efetivo tanto no nível de dispositivo como no de rede de WSANs de larga escala adotadas com objetivos de controle e monitoramento;
• Permitir interoperabilidade e interação entre sub-sistemas heterogêneos;
• Promover eficiência de sistemas complexos pela alavancagem da informação do processo físico e nas capacidades de atuação em rede.